sábado, 22 de dezembro de 2012

1

A vida é uma comédia #3

#EiThiaguinhoVaiTomarNoCup
Na última terça-feira na festa do título Mundial do Corinthians, o pagodeiro Thiaguinho, com th, puxou um canto para o rival: "Ei Palmeiras, vai tomar no cup...noodles!" O gesto solidário do eterno amigo de Péricles não agradou em nada a torcida adversária, que uniu-se contra o elemento. Pelo Facebook e principalmente pelo Twitter, os porcos soltaram grunhidos de #EiThiaguinhoVaiTomarNoCup A dita hashtag, chegou a estar nos assuntos mais comentados do mundo na rede social, como mostra a imagem acima. Thiaguinho, com th, acho que melou as calças de medo. O dito pagodeiro cancelou o show que faria em São Paulo na noite de terça-feira e como se não bastasse tal fato, o vivente excluiu seu perfil na rede social de Mark Zuckerberg. Thiaguinho, com th, se arrependeu do que fez e pediu desculpas em rede nacional no programa de Ana Maria Braga - aquela formadora de opiniões e autora da frase: "Mas ela é uma piriguete com 'H' maiúsculo." Estou até agora tentando encontrar o "H" em piriguete. Mas isso não vem ao caso. Penso eu, que depois desta singela homenagem da torcida do Palmeiras, Thiaguinho com th, vai pensar duas ou até três vezes antes de mandar alguém tomar no seu respectivo orifício anal, pois os dejetos, podem cair na própria cabeça.

Nada está tão ruím que não possa piorar...
Como aquele ditado que já dizia: "pau que nasce torto mija fora da bacia", quero dizer, como este ditado dizia: "nada está tão ruím que não possa piorar". Tal dito, se encaixa (não a Econômica Federal) perfeitamente com a fase vivida pelo Vasco Vice da Gama. O clube presidido por Roberto Pólvora, encontra-se numa situação desesperadora. Salários atrasados, desmanche no elenco e por aí vai. Juninho Pernambucano, ídolo cruzmaltino, deu adeus ao Rio de Janeiro para assistir a NBA nos EUA. O veterano bom-de-falta acertou sua transferência para o New York RB. Além de Juninho, muitos outros jogadores deixaram o clube. Felipe, outro bom-velhinho foi afastado pela diretoria. Cás Alber, terá seu salário reduzido... Para piorar a situação, o único reforço da equipe até o momento é Love, não o Vágner, mas Zé.


Semana que vem tem mais! E lembre-se, esta é uma matéria voltada para o humor. Não é feita para desmerecer ou ofender seu clube de coração e nem qualquer pessoa e instituição citada.



Abraços e até a próxima!


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

0

O mundo é alvinegro, e o herói é um Guerrero

O futebol hoje tá assim: Fulano perde, segundo a opinião popular, é porque jogou mal.

É o que dizem que aconteceu com o Chelsea.

A verdade é que os Blues não jogaram mal. Não jogaram tudo o que podiam e que sabem, mas dizer que jogaram mal já e demais. Tanto que, se não fosse Cássio, o time inglês teria vencido o jogo.

E caso acontecesse, ainda iriam estar com essa opinião? Certeza que não. Os papeis iriam se inverter: Corinthians jogou nada, e Chelsea tudo.

O time de Parque São Jorge venceu porque foi superior, porque teve mais vontade, e não porque o time comandado por Rafa Benítez jogou péssimamente.

Título mais que merecido.

O time do Corinthians superou a desconfiança "conquistada" devido a magra vitória frente a fraca equipe do Al-Ahly e sagrou-se Bicampeão Mundial jogando como time grande que é. Buscando o gol a todo tempo e todo custo, sem se descuidar na defesa.

Enquanto Guerrero definia lá na frente, Cássio segurava a bronca lá atrás. Tudo o que se espera de um time campeão.

O placar pode ter sido apertado, mas isso pouco importa. Um ou dez, não iria fazer diferença alguma. E assim, a emoção foi maior. Foi do jeito que Corintiano gosta: no sufoco, no aperto, no coração.

Quanto à torcida, bem, não conseguiria expressar com palavras o que foi a fiel nesse Mundial. Por isso, não vou escrever nada sobre, até porque, poderia esquecer de algo. Além do mais, todos sabem a festa que fizeram...


Parabéns Sport Club Corinthians Paulista, o mundo hoje e pelos próximos 365 dias, é preto e branco.


(Foto: http://blogdopopamarechal.blogspot.com.br/)


Abraços e até a próxima!


sábado, 15 de dezembro de 2012

0

A vida é uma comédia! #2

Tigre vira tigresa, e São Paulo é campeão da Sul-Americana.
Quem diria que um dia isso iria acontecer no futebol. Eu não diria. E pra falar a verdade, ainda não estou acreditando que isto realmente aconteceu. O Tigre rugiu tanto, "mordeu" tanto, que acabou virando tigresa. Dizem "elas", que foram "apanhadas" por seguranças do clube paulista. Boatos dizem até que teve policial que apontou uma arma no peito de um dos jogadores. Cá entre nós, já que apontou, bem que poderia ter apertado o gatilho também, né não?! Falta não iria fazer. Um hermano a menos no Brasil e no mundo - para delírio da população. Com tudo que se passou, quem acabou saindo ensanguentado foi o agora ex-jogador tricolor Lucas. Rivais dizem que foi sangue da menstruação. Sacanagem! Já era quase hora do Programa do Jô começar, e nada dos argentinos voltaram para o campo. Como já não aguentava  mais esperar e doido para assistir a madrugada caliente da Band, o árbitro da partida mandou um de seus encarregados, também conhecidos como assistentes, à descer até o vestiário para ver o que estava acontecendo. De lá voltando, eis que chega a notícia: eles não voltarão para o jogo. Confesso que fiquei decepcionado. Queria ver mais sangue. No fim das contas, o São Paulo acabou sendo o meio-campeão da competição. Mas não ouse dizer que foi por W.O... 

Drogba a caminho do Grêmio, e Messi, do Internacional!
Ouvi nessa semana que se passou, que Drogba,  pode reforçar o Imortal que mais morre no mundo. Isso é tão provável de acontecer, quanto Lionel Richie, quero dizer, Messi, reforçar aquele time cujo nome é Internacional, mas que quando sai do país só faz fiasco. Dizem que um banco chinês está querendo colocar o atleta que, para a infelicidade geral da nação Palmeirense e São Paulina, não está mais no Chelsea. Mas não é por dinheiro que digo que Didier Mocó não virá. É por outros motivos... E o principal deles, é que não foi o Craque Neto quem deu a informação. Se fosse ele, até acreditaria (só que não), pois todo mundo sabe que ninguém é tão bom para cavar (buracos) contratações quanto BisNeto. Posso até queimar minha língua, esôfaco, pâncreas, e damais partes deste corpo imperfeito que Deus fez, mas não tenho medo de dizer: 'Ele não virá', assim como eu também não vou me casar com a Juliana Paes.

Datafolha aponta mais uma, ou deve-se dizer: apronta?!
Lendo, relendo, reelendo (acho que acabei de inventar uma palavra) notícias e manchetes deste esporte tão amado e idolatrado pelo Brasil e pelo mundo, observei algo que me deixou com uma pulgueiro atrás da orelha. Segundo pesquisa feita pelo Datafolha, 35% dos torcedores do SPFW irão torcer para o Corinthians amanhã. Pelo lado Palmeirense, 30% dos porcos torcerão para o maior rival. Já dentre as sardinhas de santos, o número cresce para 46%. Entre todos os clubes deste país pentacampeão mundial, o número de torcedores que irão torcer por gambás amanhã, chega a 40%. Eu tenho a minha pesquisa também, e quero apresentar-lhes: "estudos apontam que nunca Palmeirenses, São-Paulinos e Santistas irão torcer para o Corinthians, seja qual for a oportunidade." Enquanto o Datafolha apronta aqui, o alvinegro de Salve Jorge está lá na terra do Sr. Miyagi na concentração e na preparação com HepaTite buscando a melhor formação para a equipe. Secadores já começam a serem separados, assim como camisas, bandeiras, revólveres, fuzis, metralhadoras...


Semana que vem tem mais! E lembre-se, esta é uma matéria voltada para o humor. Não é feita para desmerecer ou ofender seu clube de coração e nem qualquer pessoa e instituição citada.




(Foto: http://futeboldecampo.net/)

Abraços e até a próxima!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

2

Amém Marcos.

Parece mentira, história de filme. Mas infelizmente é real. O dia que ninguém sonhava que aconteceria chegou. Ele, o Santo de luvas, o Santo das defesas impossíveis, deixará de operar seus milagres, pelo menos dentro de campo.

Foram longos, felizes e tortuosos 20 anos de carreira, todos defendendo o seu time de coração, desde pequeno.
 
Seu carisma, sua força de vontade, seus milagres, seu amor pelo esporte e pela vida, o fizeram o cara que é hoje. Conhecido e adorado não só no Brasil, mas no mundo. Mundo este que Ele conquistou em 2002.

 (Foto: http://www.sindbol.com.br/)

Marcos estreou oficialmente em 19 de maio de 1996, frente ao Botafogo-SP, em partida válida pelo Paulistão daquele ano. Este jogo entrou para a história, não apenas por ser o da estreia de Marcos como titular do Palmeiras, mas sim, porque nesta partida, ocorreu o primeiro dos inúmeros milagres deste Santo. Aos 21 minutos da segunda etapa, quando o jogo já estava 4 a 0 para o time de Palestra Itália, eis que o destino começava a agir. Pênalti para o Botafogo. Se saísse o gol, não mudaria muita coisa quanto ao resultado do prélio. Mas para Ele, era o lance decisivo, que poderia consagrá-lo. Foi o que aconteceu. Paulo César foi o encarregado da cobrança. Chute no canto direito, Marcos espalma para escanteio.

"Na hora, nem sei direito o porquê, me ajoelhei e ergui os dedos apontando pro céu, agradecendo a Deus. Sem querer, estava iniciando um ritual que seria sempre o mesmo." (São Marcos);

Quanto ao status de Santo, este, Ele conquistou na Libertadores de 1999. Campeão da competição, eleito o melhor jogador do campeonato, melhor jogador da final, e só pra não perder o costume, mais pênaltis defendidos.

Se for falar tudo o que este mito do esporte conquistou, ficaria horas e horas aqui escrevendo.


Para terminar, vou deixar um pouco o lado "comentarista" de lado, e falar com o lado torcedor:

A única coisa que tenho a dizer a você São Marcos, é obrigado. Obrigado por tudo o que fez pelo Brasil e pelo Palmeiras. Obrigado por jogar milhões pela janela quando poderia ter ido para o Arsenal, e preferiu ficar aqui e disputar uma Série B. 

Nunca imaginei que este dia realmente chegaria, achei que isso não aconteceria com você. Pensei que com você seria diferente, que seria eterno. Pensava que você iria defender as nossas cores por toda a vida. Quanta ingenuidade, quanto egoísmo...

Mas infelizmente eu estava errado, e este dia chegou. Hoje, definitivamente você sairá de cena, e deixará seus discípulos brilharem, não tanto quanto você, pois isso é impossível...

O que me deixa feliz, é que daqui alguns anos, vou poder contar para meus filhos, netos, bisnetos..., que ví um Santo jogar futebol. Que ví São Marcos... Que tive a horna de vê-lo conquistando títulos e fazendo toda uma nação feliz. Enfim, que o ví, operando milagres.
  
Obrigado e, Amém Marcos!


(Foto 1ª: http://www.facebook.com/FrasesPalmeiras) 

Abraços e até a próxima! 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

2

A vida é uma comédia! #1

Bem caros amigos e leitores de Futeboliza, é com enorme satisfação que vos apresento a mais nova (e primeira) série deste humilde blog. Trata-se de: A vida é uma comédia! que irá ao ar, em todos os términos de semana.

Esta série retrata os assuntos mais comentados da semana no ramo futebolístico, mas, de um modo crítico e voltado para o humor.

Arnaldo Tirone e suas declarações um tanto quanto desastrosas!
Para abrir a série, não tem com não deixar de falar deste ser que teima em dizer que é presidente de um clube de futebol. Arnaldo Bananone, assim chamado carinhosamente pela torcida do Palmeiras, soltou o verbo e disse que o alviverde tem um dos cinco melhores elencos do Brasil. Só se for em número e qualidade de pedreiros, né?! Um time com os grandes (enormes eu diria), Tonel Carvalho, Leandro Desamparo, Luanel Messi, Massaraújo, Avenida Arthur, Betinho, Bobina, Catinga, João Vitor, Leandro Buxexa, Patrick Estrela, Fabinho Capixaba, Gerley, Tadeu ou Tá Dando e Daniel Lovinho, nem no Cazaquistão estaria entre os melhores elencos do país. Como diria o ilustre Gavião Bueno, "Haja coração amigo".  E o pior é que o Praione tá querendo se candidatar a reeleição... Dou-te uma dica, de amigo, volte para o seu restaurante e fique longe deste clube, pelo bem dos palmeirenses e pelo seu também.

Devo não nego, pago antes de sair.
Outra que não anda muito bem das pernas, do bolso e demais partes, é a tal da Patrícia Trampolim. A presidenta do Clube de Regatas do Flamengo durante sua gestação, digo gestão, quase levou os milhões de flamenguistas espalhados pelo mundo à fora ao suicídio. Ela bem que tentou, até conseguiu um carioca invicto em 2011, mas não foi suficiente. No geral, mais "cagadas" (desculpe a expressão) do que alegrias. Pra fechar com "chave-de-lata", a pobre moça está devendo salário aos jogadores ainda do mês de outubro. Mas acalmem-se jogadores, vocês não ficarão sem dinheiro para as festas de fim de ano e nem para o Especial Roberto Carlos da Globo não, Patrícia prometeu que antes de deixar de ser a "manda-chuva", ou "manda-tempestade" do clube, irá acertar e regularizar a situação. É aquela velha história: "Devo não nego, pago se puder", no caso, "antes de sair".

Mercado da bola em movimento. Novos craques podem aparecer no seu time de coração!
Com o fim da temporada, os clubes começam a busca por novos craques para defender suas cores. O doping da vez (desculpa, mas não podia deixar de fazer tal piadinha - sem graça), é Jobson. Sim, esse mesmo que fez sucesso no Botafogo e que num crack e outro, acabou sendo suspenso por doping. O Bangu quer recolocar o atleta no caminho da bola e contratá-lo para a disputa do Carioca do próximo ano. Com uma lista de dispenças do tamanho da ficha criminal de Osama Bin Laden, o Palmeiras também busca atletas para recompor seu elenco. Edno, que fez sucesso jogando pela portuguesa e chegou a vestir a camisa 10 que já foi do Craque Neto - cê tá intendêno?! - no Corinthians, mas que acabou saindo do clube sem fazer absolutamente nada, e que hoje defende as cores do Tigres-MEX foi oferecido ao clube que jogará a 59ª competição de clubes mais valiosa do mundo. Porém, os dirigentes vetaram sua contratação. O mais certo a fazer, é aguardar pra ver quem serão os craques, ou craquentos, que desfilarão pelos gramados do país do vôlei em 2013.


Semana que vem tem mais! E lembre-se, esta é uma matéria voltada para o humor. Não é feita para desmerecer ou ofender seu clube de coração e nem qualquer pessoa e instituição citada.




(Foto: http://esporte.uol.com.br/)


Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

1

Adeus Olímpico... Bem-vinda Arena

Estádio Olímpico Monumental. Palco de inúmeras alegrias do tricolor gáucho, receberá seu último espetáculo no próximo domingo. O adversário não poderia ser outro: maior rival de seu mantenedor.

Projetado pelo arquiteto Plinio Oliveira Almeida, o Olímpico começou a ser construído oficialmente em 1953. 

Após um grande e bonito desfile pelas ruas de Porto Alegre, o estádio com capacidade para 38 pessoas foi inaugurado em 19 de setembro de 1954, numa partida entre Grêmio e Nacional do Uruguai. O primeiro gol do estádio foi marcado por Vitor. Como se não bastasse, ele também marcou o segundo. O prélio terminou em 2 a 0 para os donos da casa. 

Com vários títulos conquistados, o Imortal Tricolor crescia a passos largos, e o caldeirão deveria acompanhar o crescimento. Foi com esse pensamento que em 1976, o então presidente do clube Hélio Dourado, percorreu os três estados do sul a procura de ajuda por parte dos torcedores para que o estádio fosse ampliado. Foram doados cerca de 26 mil sacos de cimento para que a ampliação saísse do papel. Com a reforma concluída, o estádio passou então a se chamar Olímpico Monumental. 

A inauguração do novo Olímpico ocorreu em 21 de junho de 1980, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Vasco da Gama. Cinco dias mais tarde, o mito argentino Diego Armando Maradona, defendendo o Argentinos Juniors, mostrou suas habilidades no estádio. Mas nem um dos maiores jogadores de todos os tempos foi capaz de derrubar o tricolor gaúcho naquela oportunidade. Deu Grêmio, 1 a 0.

Com sua capacidade aumentada para 45 mil torcedores, o glorioso estádio terá seu último capítulo escrito no próximo dia 2, no Grenal de número 394. O Olímpico deverá ser demolido. A previsão é para que ocorra em março do próximo do ano.

Saudades e lembranças. É isso que ficará na memória do apaixonado torcedor gremista para com aquele que lhes deu tantas alegrias, tantos feitos, muitos até quase impossíveis de serem realizados.

A nova casa já está pronta. Esperando apenas para que sua história seja escrita e eternizada, assim como aconteceu com o estádio mais Monumental do Brasil, ou do mundo, caso preferir.



 
(Foto: http://globoesporte.globo.com/)


Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

2

Errar é O Mano

Mano Menezes não é mais o técnico da Seleção Brasileira. Mano foi demitido do cargo agora a pouco. Mas isso, cá entre nós, já era esperado há um certo tempo. Foi aos "trancos e barrancos" que ele se manteve no cargo durante estes dois anos. 

Neste período, convocou mais de 100 jogadores. Não conseguiu dar uma padrão tático a equipe e não conseguiu resultados expressivos.

Escrevi uma matéria em agosto, logo após a perda do título nas Olímpiadas de Londres frente ao México por 2 a 1, que quero mostrá-la aqui também, visto que naquele período, ainda não existia o Futeboliza. Esta matéria relata a falta de padrão e de coragem de Mano Menezes para comandar a Seleção Brasileira.

Mano Menezes, o cara mais "cagão" (popularmente falando) do futebol mundial. Em todos os jogos ele jogava com 3 atacantes: Hulk, Neymar e Damião. Resultado: Em todos os jogos o Brasil fez 3 gols. Aí na final, com um medo tremendo do México, de Giovani dos Santos (que nem jogaria) ele escala 3 volantes. Isso mesmo, 3: Sandro, Alex Sandro e Rômulo, deixando Hulk no banco. E mesmo com 3 volantes, quem fazia esta função era Oscar, o nosso único meia.

Um treinador com medo do México (com todo respeito), não deveria treinar nem time de categoria de base, muito menos a Seleção Pentacampeã do mundo;

Aí então, perdendo o jogo, ele decide colocar 4 atacantes: Hulk, Neymar, Damião e Pato, e jogando apenas com um volante. Mas o que o treineiro Mano não conseguiu entender, é que faltava criação de jogadas. Problema que seria resolvido com mais um meia. A zaga que já não estava bem, ficou mais vulnerável ainda. Resultado: Mais um gol.

Poderia até jogar com apenas um volante, desde que teria dois meias. Oscar e mais algum, que deveria ser o Lucas. Aí aos 40 minutos do segundo tempo ele resolve colocar este outro meia. Aos 40, perdendo por 2 a 0.

Enfim, o que poderíamos esperar de um time sendo treinado por um cara destes? A resposta está aí, mais uma vez não conseguimos ganhar o único título que nos falta.

Infelizmente, o ex-técnico de Grêmio, Corinthians e agora da Seleção, não conseguiu montar uma equipe competitiva, bem postada dentro de campo, bem taticamente e com vontade de vencer. A prova disso está nos resultados obtidos. Na era Mano, ficamos na pior colocação de nossa história no ranking FIFA.

Resta agora, a CBF encontrar alguém que consiga recolocar o Brasil em seu devido lugar. - Tenho pra mim que esta pessoa já foi escolhida, só resta o anúnico oficial. 

Se realmente irá resover não sei, mas é o que a CBF e o povo brasileiro esperam. E que assim seja!


Abraços e até a próxima!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

1

Clássico é clássico, e vice-versa.

Brasil e Argentina é certeza de jogo quente, não interessa se é no futebol, no vôlei, ou até mesmo no espiribol. No futsal então, que não iria haver exceção. E não houve. 

Pelas quartas-de-final da Copa do Mundo da Tailândia, a seleção canarinho e os nossos hermanos protagonizaram um show tático, técnico, coletivo e individual. Ingredientes dignos de um clássico como este.

A seleção brasileira foi melhor no primeiro tempo. Mas como no futebol, o que manda é a eficiência. E como diz o ditado: "quem não faz leva". Foi o que aconteceu. Com gols de Rescia e Borruto, a Argentina desceu para o vestiário vencendo por 2 a 0.

Assim como na primeira etapa, o Brasil voltou com tudo. Um verdadeiro bombardeio para cima do goleiro Elias, que se virou como pôde. A pergunta que pairava no ar, era se ele iria aguentar tamanha pressão por muito tempo. Falcão respondeu. Na bola, como sempre. Foi aí que começou o show do melhor do mundo.

Por volta dos 13 minutos de jogo na etapa complementar, Neto descontou. Um minuto mais tarde, Falcão que quase foi cortado do Mundial em decorrência de uma lesão na panturrilha, empatou a "bagaça", que seguiu assim, até o fim do segundo tempo.

Como se não bastasse a contusão, o ala do Brasil ainda foi vítima de uma paralisia facial. Nem mesmo isso, foi capaz de "derrubar" o atleta, que buscou ainda mais força para continuar lutando e ajudando o seu país. E como ajudou.... 

Na prorrogação, ele mostrou novamente porque é o melhor do mundo. Após cobrança de escanteio, soltou um pombo sem asas, ou um Falcão sem asas, como queira, indefensável para o goleiro argentino, virando a partida. Na comemoração, o jogador não conseguiu conter a emoção, e chorou. Choro de alívio, de felicidade. A partir daí, foi só administar e controlar o jogo. Que terminou em 3 a 2.

(Foto: http://esporte.uol.com.br/)

O próximo compromisso dos comandados de Marcos Sorato já tem data marcada. Será na próxima sexta, fente a Colômbia, em partida válida pela semifinal da competição. A grande final ocorre no domingo.


(Foto 1ª: http://sportv.globo.com) 


Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

2

Feito histórico, torcedores eufóricos.

Foi conhecido ontem o primeiro time classificado para a série B do Campeonato Brasileiro de 2013. Trata-se da Chapeconse, que graças a vantagem construída na primeira partida pelas quartas-de-final da série C com a incontestável vitória por 3 a 0 no estádio Índio Condá, conseguiu o acesso mesmo após perder o jogo da volta por 1 a 0 frente ao Luverdense-MT.  O Verdão do Oeste conseguiu a tão sonhada classificação após bater na trave por duas vezes consecutivas.

 (Foto: http://globoesporte.globo.com)

O povo de Chapecó e região está em festa com o feito inédito da equipe. Jogadores e comissão técnica chegam do Mato Grosso amanhã pela manhã e serão recepcionados pelos eufóricos torcedores que acompanharão o grupo até o Índio Condá,  palco da festa, que não tem hora e nem dia pra acabar.

O atacante Rodrigo Gral que não esteve no jogo de ontem por conta de uma lesão, cumpriu a promessa que havia feito quando chegou ao clube catarinense e mudou novamente o cabelo que já foi raspado, comprido e até com rabo de cavalo. O jogador pintou o cabelo de verde, como havia prometido caso a equipe conseguisse subir à série B.

Além do acesso, a Chapecoense garantiu a classificação para a semifinal do campeonato. A equipe conhecerá o adversário no próximo domingo, no jogo entre Fortaleza vs Oeste.

O presidente do clube Sandro Pallaoro quer o título da competição para terminar o glorioso ano com 'chave de ouro'. Com apenas 13 gols sofridos, sendo a segunda melhor defesa do campeonato, o setor defensivo do clube mostra que isso é possível.




(Foto 1ª: http://www.andredafm.com.br/)

Abraços e até a próxima!


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

2

Nem Barcos salva...

Luta não faltou. O time do Palmeiras, precisando da vitória para dar uma respirada, em momento algum deixou de atacar o time do Botafogo. Não fosse pelas falhas individuais de Maurício Ramos, e a enormidade de gols perdidos, o clube verde e branco de Parque Antártica teria saído com a vitória.

Mas como diz o ditado: "Quem não faz leva". Foi o que aconteceu. Resultado: empate e rebaixamento cada vez mais próximo.

A diretoria é a grande responsável pela situação desastrosa em que o clube se encontra. Jogadores sem a miníma capacidade técnica com custo-benefício alto, dirigentes omissos, interesses particulares, e por aí vai.

Ontem, por exemplo, em um jogo de tamanha importância para a equipe, o presidente Arnaldo Tirone, poucas horas antes da partida foi flagrado em um bar tomando cerveja e comendo coxinha. Enquanto isso, o diretor jurídico do clube, Piraci Oliveira, estava em Miami fazendo compras.


(Fotos: http://www.verdazzo.com.br/)

No momento em que os dirigentes deveriam apoiar, incentivar sua equipe, estarem o mais presente possível com os jogadores e comissão técnica, eles preferem "dar um relaxada". E o clube que se "lasque".

O problema é que não são eles quem sofrem. Infelizmente é a torcida, que é apaixonada pela Sociedade Esportiva Palmeiras. Após o jogo de ontem frente ao Botafogo, que pode ter selado a queda para a "segundona", alguns torcedores choraram. Mostrando a tristeza e também a indignação com a situação em que o clube se encontra.

Ainda restam 4 partidas para o fim do campeonato e para o Verdão sacramentar a permanência na primeira divisão. As chances são remotas, mas os jogadores prometem lutar até o fim. 

Se tem um cara que merece destaque no time, esse cara é Barcos. O Pirata chegou iníco do ano, prometendo fazer 27 gols na temporada. Alguns riram, outros duvidaram. Mas com os dois de ontem no Botafogo (sua principal vítima, com 6 gols) o argentino chegou à marca estipulada.


Termino esta matéria com a frase: "É inadmissível um clube com o tamanho do Palmeiras, 11 vezes campeão nacional, ser rebaixado duas vezes a série B."


(Foto 1ª:  http://globoesporte.globo.com/)


Abraços e até a próxima!

sábado, 27 de outubro de 2012

2

Errar é humano. Persistir no erro é... Arbitragem!

O jogo de hoje entre Internacional e Palmeiras no Beira-Rio, é mais uma daquelas partidas em que pode entrar para o "livro da vergonha" ou coisa parecida. Poderia sem lembrado de outra forma. Mas com certeza, não será. O nome da partida poderia ser Rafael Moura, autor do gol da vitória do Colorado, mas não... o nome do jogo mesmo foi o encarregado da CBF.

Tudo estava caminhando normalmente. Jogo pegado, disputado, brigado (de forma leal), e jogado. Bem jogado. Até os 16 minutos da segunda etapa, quando Marcos Assunção cobra escanteio que Barcos completa mandando a bola para as redes. Mas com a mão. Seria um lance simples, era só anular e pronto. Mas não foi... ou foi? Foi. Após ter sido considerado normal. 

A confusão estava armada.

Polêmica? Não! Polêmica seria se fosse ou não gol de mão. O que não é o caso. Todos viram (exceto o juíz e seus assistentes) que o gol realmente foi feito com a mão. Ponto! Acontece que a forma em que foi anulado foi totalmente errada. 

Árbitro, bandeira, assiste de linha-de-fundo, quarto árbitro, todos deram o gol. Inclusive já estavam correndo para o meio de campo. Eis então, que surge o Delegado da partida (que não sei o nome). Ele viu o lance pela televisão, viu que foi irregular e avisou o árbitro. O que ele esqueceu, é que isto é proibido. Ninguém de fora pode avisar o árbitro sobre qualquer lance, seja ele regular ou não. Após ter sido avisado, o Sr. Francisco Carlos Nascimento voltou atrás e anulou o gol que seria o de empate do time de Palestra Itália.

Traduzindo: ele errou três vezes. Errou ao dar o gol, errou ao anulá-lo, visto que foi de forma irregular e errou em não mostrar o cartão amarelo para Barcos. Sim, pois se foi com a mão, o atleta deveria ter sido advertido, como manda a regra. Se bem que esta, andou em falta neste jogo. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.

Outro erro. O delegado disse que quem usou a mão foi Marcos Assunção, que cobrou o escanteio. Seria ele então, o Flash do futebol? Sim porque, pra cruzar e ir para a área cabecear a pessoa tem que ser muto (muitíssimo) rápida, não?! 

Com isso, surge uma nova hipótese. Será que o delegado foi avisado por alguém de fora? Sabe-se lá...

No fim das contas, tudo poderia ter sido esclarecido pelo próprio delegado. Mas este, recusou-se a falar. Ao contrário. Foi para o campo se esconder atrás do policiamento. Estaria ele querendo prejudicar o Palmeiras? Teria algum "rolo" por trás disso tudo? Por que só usam a Televisão em lances que seriam favoráveis ao Palmeiras, nunca contra? Com tantos erros contra, estariam querendo rebaixar o time de São Paulo? São perguntas que ficam no ar e deixam uma "pulga atrás da orelha" de todo mundo, ou pelo menos da torcida do Palmeiras..


 (Foto: http://esporte.ig.com.br/)


Abraços e até a próxima!


Obs: Quero deixar bem claro que não fui clubístico nesta matéria (embora pode até parecer que sim), nem quis desmerecer a vitória do Internacional. Pelo contrário, jogou bem e mereceu o resultado. Apenas quis demonstrar a indignação de um apaixonado pelo futebol que não aguenta mais ver tanto erro, tanta falta de critério, tanta vergonha neste esporte que é paixão mundial!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

1

Já que meu destino é tão incerto. Que ele seja incerto num lugar bom.

Um tal jornal italiano, publicou na edição desta sexta-feira que Robinho e Alexandre Pato estariam no fim de seus dias no Milan. Segundo o jornal, o clube estaria querendo cortar gastos. A matéria ainda foi além, disse que o clube estaria disposto a fazer uma “revolução" em seu elenco.

Independente se for apenas especulação e assunto pra dar "Ibope", uma coisa é certa. Os dois já não sabem o que é jogar futebol a um bom tempo. Robinho decaiu uma "barbaridade", não é nem sombra daquele Robinho de Santos, de Real Madrid e pode-se dizer até de Seleção Brasileira. Pato, por sua vez, fica mais no departamento médico que dentro de campo. Não consegue ter uma sequência de jogos. Mal se recupera de uma lesão, e já vem outra. Estilo Valdívia no Palmeiras. Ao todo foram 15, em apenas 2 anos.

O ex-santista parece ser o sucessor de Alexandre no quesito lesões. Só esta temporada já foram duas. O jogador atuou em apenas quatro jogos pelo clube nesta temporada. Não marcou nenhum gol. Enquanto que o outro brasileiro, jogou apenas uma partida, também sem marcar.

Prince Boateng é outro que pode estar dando adeus ao Rossonero. Se os três realmente saírem, o clube, sem a menor dúvida, economizará uma "grana preta". Mas e quem seriam as peças de reposição? Embora o clube tenha jogadores de qualidade no ataque, teriam que contratar. O investimento teria que ser alto, visto que o "bom e barato" não está tão bom assim.

O que resta é aguardar até janeiro, quando abre a janela de transferências. Mas independente de quem saia, ou de quem chegue, o que a torcida realmente espera, como sempre, é a conquista de títulos.


Esta situação me lembra um trecho do Macucos: Já que meu destino é tão incerto. Que ele seja incerto num lugar bom. ♪

Vamos aguardar!

(Foto: http://www.goal.com/br/)


Abraços e até a próxima!


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

1

Escolhido o novo mandatário Gremista!

Ontem foi o dia em que foi eleito o novo presidente do Tricolor Gaúcho. Concorriam ao cargo Homero Bellini Júnior, Fábio Koff e Paulo Odone, que tentava a reeleição.

Em uma votação recorde, Fábio Koff foi o escolhido para comandar o clube nos próximos dois anos. Ele contava com o apoio de vários ídolos do clube e de grande parte da torcida.

Esta será a quarta passagem de Koff na presidência do Grêmio. É considerado o mandatário mais vitorioso da história do clube, uma vez que com ele no comando o time gaúcho conquistou as suas duas Libertadores, o Mundial de Clubes, um campeonato brasileiro e ainda levantou o caneco da Copa do Brasil.

Experiência Koff tem de sobra. Além de já ter presidido o clube em três oportunidades, ainda foi presidente do Clube dos 13 por 16 anos.

O novo presidente terá a missão de recolocar o clube no caminho dos títulos, que estiveram em falta na última década. Este, aliás, foi um motivo de críticas de Koff para com seu principal concorrente, Paulo Odone, que embora tenha colocado em prática o sonho da Arena, não conquistou nenhum título de expressão. 

Planos o presidente tem de sobra, o que resta é aguardar para ver se realmente serão colocados em prática, ou se serão apenas "promessas de campanha".



(Foto: http://zerohora.rbsdirect.com.br/)

Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

1

Reencontrando-se!

Finalmente, após algumas temporadas, Kaká parece estar retomando seu bom futebol. Nas últimas partidas o "príncipe" tem jogado muito bem, tanto pelo Real quanto pela Seleção Brasileira. Na última terça, o meia se destacou na vitória por 4 a 0 da seleção frente ao Japão. Pelo time madrilenho, sua titularidade começa a ganhar mais força.

O jogador que foi contratado a peso de ouro pela equipe comandada por José Mourinho em 2009, ainda não mostrou realmente à que veio. Lesões e falta de ritmo o atrapalharam nesta caminhada. O Real até cogitou rescindir seu contrato, mas acabou desistindo.

Foram longos e tortuosos dias, mas, ao que tudo indica, Kaká parece ter reencontrado aquele futebol que o rendeu o prêmio de melhor jogador do planeta em 2007, quando ainda defendia o Milan. 

Bom para o Real Madrid e para o Brasil. Com sua liderança e experiência, Kaká será de grande importância para a jovem equipe brasileira tanto dentro como fora das quatro linhas.



(Foto: http://www.alienado.net/)


Abraços e até a próxima!



segunda-feira, 15 de outubro de 2012

2

Polêmica em cima de polêmica...

O campeonato Brasileiro segue em ritmo de decisão. E como todo ano, são inúmeras as polêmicas envolvendo erros da arbitragem. Embora o erro seja algo comum dos seres humanos, quando envolve futebol ninguém aceita. Quando for contra o time de coração então...

É partir daí, que surgem as dicussões: "tão favorecendo fulano, tão roubando contra ciclano, e segue por aí..."

É claro que tem erros que são admissíveis. Mas em compensação, tem aqueles lances em que é impossível errar. Como este, no jogo entre Botafogo vs Palmeiras, em partida válida pela 15ª rodada.
 (Foto: http://www.lanceactivo.com.br)

No lance, foi marcado impedimento de Hernan Barcos (Palmeiras). Mas claramente pode-se ver que o atleta está atrás do último defensor, e como se não bastasse, atrás até da linha da bola. A jogada resultou em gol, anulado pelo árbitro.

Em lances como este, chega-se a falar até em má fé do árbitro ou bandeira em questão.

Mas afinal de contas, o que realmente está acontecendo com a arbitragem brasileira. Falta investimento, preparação, incentivo, qualidade, ou realmente trata-se de má intenção? Já o uso da técnologia, seria uma boa, ou serviria apenas para "rebaixar" a autoridade do árbitro? 

São polêmicas que devem ser analisadas, pois o que realmente interessa é o futebol, é o espetáculo, o resto deve ficar em segundo plano. Quanto aos erros, eles irão aparecer, mas deve-se fazer o possível (e até o impossível) para evitá-los.

(Foto 1ª: http://nucleotavola.com.br)

Abraços e até a próxima!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

2

Esquecida, mas não menos importante.

Brasileirão em reta final. Disputas pelo título, pelo G4, pra fugir da degola, e artilharia acirradas. Mas com tudo isso, acabamos esquecendo das séries inferiores da competição. A série D por exemplo, tem o primeiro jogo da final já neste domingo (14), e não é comentada na mídia.

Esta é a apenas a quarta edição, e a primeira em que a CBF custeará as despesas dos clubes participantes.

Ao todo, foram 40 as esquipes participantes. De todos os estados do país. Na primeira fase as equipes foram distribuídas em 8 grupos de 5 times cada, agrupadas regionalmente (para diminuir os custos). Os dois melhores colocados de cada grupo disputaram as oitavas-de-final com jogos de ida e volta. Na fase seguinte, os vencedores enfrentaram-se em sistema eliminatório idêntico ao da fase anterior, classificando-se os vencedores para as semifinais.

Os quatro semifinalistas conseguiram o tão sonhado acesso e disputarão a Série C em 2013. Sendo eles: Baraúnas-RN, Mogi Mirim-SP,  Crac-GO e o Sampaio Corrêa-MA. Os dois últimos disputarão a grande final. A primeira partida está marcada para domingo no estádio Genervino da Fonseca, em Goiás. A volta será no dia 20, sob o mando do Sampaio Corrêa, no estádio Nhozinho Santos.



Abraços e até a próxima!